Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
03 de novembro de 2009, às 10h23min
Realizada
Vila Velha - ES

[alterado automaticamente pelo denuncio]

ESC90 TELECOMUNICAÇÕES LTDA Av. Desembargador Santos Neves, 1469 Vitoria – ES – 29055-721 CNPJ: 02.156.312/0001-14 Tel – 2122-9999 ------------------------------------------------- Após exaustivas reclamações e aborrecimentos desde junho de 2009 com a Empresa em epígrafe, cancelei os serviços de TV e Internet/cabo em quatro de agosto de 2009 (04/08/09), devolvendo os "modems" respectivos. Paguei, depois disso, algumas faturas, entendendo serem as últimas. Recebi em 02 de novembro/09 (02/11/09) duas faturas com as seguintes cobranças na Nota Fiscal n°1897408 • Já 1200 - R$ 99,01 • Já 400 - R$ 67,50 • Mensalidade TV principal - R$ 96,57 • Parcelas - 79,90 (?) • Sócio Premiere Futebol Club - 62,74 (Eu que sou avesso ao futebol por ser pura idiotia da "massa impensante"). A fatura totalizou R$ 205,24. • Anexo veio com outra fatura – a titulo de “parcelas” - cujo valor foi de R$ R$ 81,92 - NF n°1945312. No mesmo dia (02/11/2009), entrei em contato através do telefone 27 2122-9999, falando coma Marcos que identificou todos os meus dados através do meu CPF. Por inúmeras e frustradas experiências através de contatos telefônicos com a referida, solicitei a gravação da conversa telefônica junto ao atendente, tendo em vista a alegação deste que – para reclamações (como sempre) - o “sistema estava fora do ar”.(Para identificação do meu CPF o sistema estava perfeito). Preciso de respostas urgente - exigindo providencias cabíveis junto aos órgãos competentes - tratando-se de uma [alterado automaticamente pelo denuncio] ao arrepio do artigo 10º do anexo à Resolução 411/05 da Anatel, registrando que para Suspensão de Serviços, “em nenhum caso a interrupção da cobrança poderá ser realizada em mais de 48 (quarenta e oito) horas da solicitação do consumidor”.
Resposta da Empresa:
26 de abril de 2019, às 11h46min
A empresa em questão ainda não se pronunciou sobre esta denúncia.

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!