Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
11 de janeiro de 2017, às 12h43min
Realizada
Belo Horizonte - MG

cobrança indevida - Procon

No dia 25 de novembro de 2016 fui à Magazine Luiza de Belo Horizonte, R. Curitiba, 745 - Centro, Belo Horizonte - MG, 30170-120.
Solicitei o Cartão Magazine Luiza para fazer a compra de um celular Iphone 6s,16gb ( RS 2500 ) pois estava com promoção do Black Friday. Após me fazer esperar por mais de 4 horas na loja, percebi que havia um ?tumulto? entre o vendedor, gerente e outras pessoas envolvidas no meu atendimento. Depois disso o vendedor Daniel Rocha me disse que não poderia mais liberar o crédito para essa compra e logo pediram desculpas pelo ocorrido, que já havia passado o celular, mas precisaria de outro cartão de crédito. Como eu não estava com o meu no dia, voltei para casa sem meu produto e disse que eu voltaria no dia seguinte com o meu cartão de crédito para passar o faltante. E vale ressaltar que garantiram que eu pegaria o celular no dia seguinte.
No dia seguinte, procurei o vendedor Daniel e o celular que ele havia separado era um Iphone SE, diferente do que eu havia solicitado no dia anterior. E, além disso, que o celular que eu estava querendo já havia aumentado para RS 2800 aproximadamente. Então resolvi comprá-lo, apesar da falta de respeito. Emitiram a nota fiscal, passei meu cartão e quando fui finalmente pegar meu celular, me entregaram um OUTRO errado, um iphone 6 e não o 6S.
Então voltei a questionar a gerente e o vendedor que por sinal me pediram desculpas NOVAMENTE pelo erro e que na verdade não havia na loja o IPHONE 6S que eu queria. Então ele me propôs comprar um iphone 6S,32 gb,cor gold ( RS3000), porém para entregar na minha casa em até 7 dias úteis. E que no caso passaria novamente no cartão. E como visto mais uma falta de respeito com o Cliente.
Eles me entregaram uma nota fiscal e o cartão Magazine Luiza havia liberado somente RS 1680 de crédito e então passaria RS 1167 no meu cartão ( tudo isso em 10x) . Após o erro do vendedor e como o celular passou bem mais caro que de início, então passou mais RS 227 no meu cartão totalizando os RS 3000 do iphone 6s.
A Gerente de TELEFONIA e o Vendedor me pediram desculpas pelo ocorrido. Foram 2 dias de estresse e várias horas esperando por um erro do vendedor Daniel Rocha. Outra vendedora disse que ele não tinha experiência nenhuma nessa área e por isso tantos erros. A gerente disse que ele tinha sido assaltado e não estava com a cabeça boa.
Aguardei o tempo e após vários dias de ESTRESSE , busquei na loja o celular dia 12 de dezembro de 2016. Vale ressaltar ainda que paguei um frete de RS20.
Passou vários dias e não recebi NENHUMA fatura em minha casa. Resolvi então ir à loja física e somente lá me entregaram o boleto. E então me surpreendi com um fato : O certo seria a conta ter vindo por RS168 mais a anuidade. Mas veio com o valor de RS 81,90 a mais, totalizando 257,89. Então resolvi procurar o vendedor Daniel novamente para me explicar de onde havia surgido esse valor de RS 81,90 e o mesmo não soube explicar e chamou OUTRO vendedor.
Esse outro vendedor tentando entender me disse simplesmente que esse valor de RS81,90 (810 dividido de 10x) era referente ao dia 25 de novembro que o vendedor havia passado um CELULAR MOTOROLA para LIBERAR O CRÉDITO . Então eu disse que tinham que cancelar esse valor pois NINGUEM me disse nada a respeito disso e o mesmo me disse que ficaria como um JUROS e eu teria q pagar então quase 4 MIL NO CELULAR.
Enfim, perdi a paciência e disse que entraria num processo contra essa loja.
Estou aqui mostrando minha INDGNAÇÃO, FALTA DE RESPEITO COM CLIENTE, PESSIMOS FUNCIONÁRIOS . Aguardo uma SOLUÇÃO DA MAGAZILE LUIZA o mais rápido possível, entrarei no PROCON conta essa loja .
Resposta da Empresa:
28 de março de 2017, às 21h41min
A empresa em questão ainda não se pronunciou sobre esta denúncia.

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!