Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
28 de agosto de 2011, às 13h19min
Avaliada

Dano e prejuízo financeiro ao consumidor

Estive na loja Dudalina, situada à Rua Tomás Carvalhal,595 – Paraíso, dia 3 de julho(domingo) para fazer a troca e marcas de ajustes para uma blusa adquirida para minha filha no dia 29/6/2011. O atendimento foi feito pelo vendedor - atendente Fernando que me acompanhou até a porta de saída que dá para o estacionamento da loja . Quando fui descer o degrau, enfiei a ponta do meu pé em um piso ecológico (bloco vazado com grama ) recém colocado, portanto a grama ainda estava fofa e tive um queda feia, sendo amparada por algumas plantas de um canteiro lateral. Machuquei as duas mãos( cortes) os dois joelhos o braço direito e dei uma torção na coluna que venho tratando até agora, com antiinflamatórios analgésicos e fisioterapia (tenho os recibos da clínica de fisioterapia). Após eu ter sido auxiliada pelo vendedor Fernando e um segurança da loja, este mesmo vendedor prontificou-se a trazer meu carro do estacionamento até perto de onde eu estava . Eu ainda disse que não seria necessário,pois, minha filha que estava presente também dirigia e ele insistiu e argumentou que estava acostumado a dirigir até “porsche” e que eu ficasse tranqüila que o automóvel dele era igual ao meu. Por estar machucada , permiti que ele tirasse o meu carro do lugar. Quando o vendedor Fernando foi fazer a manobra deu ré, perdeu o controle e bateu com força o pára-choque em um muro de pedrisco. Resultado o meu para choque está trincado e com a pintura danificada. No momento percebi o nervosismo de todos e o Sr. Fernando me garantiu que me pagaria o conserto do automóvel. Disse –me ainda que se eu quisesse ele mesmo levaria o carro para consertar. Na hora, percebi que ele e todos estavam nervosos e até resolvi, eu mesmo machucada, vir para casa dirigindo, para evitar outros incidentes. Três semanas , se passaram até que eu melhorasse e pudesse voltar a me movimentar direito novamente. Neste período entrei em contato com o senhor Fernando para saber como faríamos para que fosse pago o conserto, e ele me pediu que eu esperasse até ele receber o salário. Propôs-se a pagar o conserto em uma oficina de um conhecido dele e eu disse que meu carro é novo (3000 KM) e que eu queria que fosse feito em uma concessionária( NOVA CHEVROLET ), para que não se perdesse garantia sobre a pintura do pára-choque. Sugeri então que ele tentasse conversar com a gerente da loja Sra Adriana para que a empresa o ajudasse a pagar o conserto. Retornei no inicio de agosto na loja (pois , assim,ele não teria desculpas , já devia ter recebido o salário) e conversei pessoalmente com ele e a Sra. Adriana(foi assim que ela se indentificou). Esta, foi categórica em me afirmar que eu teria o pagamento do meu conserto e que a empresa assumiria o prejuízo. Falou que eu fosse até a concessionária e fizesse o orçamento . Feito isto , telefonei da própria oficina e então Sra. Adriana me pediu que o orçamento fosse enviado a ela por fax, e assim foi feito diretamente da oficina da concessionária Nova Itaim através da Sra. Marcia. Deixei o carro por três dias na concessionária aguardando resposta .(Gastei dinheiro de taxi para me locomover nestes dias) Telefonei inúmeras vezes e até agora não obtive nenhuma resposta, por que sempre informam que a Sra Adriana esta em reunião e não pode me atender, ou não se encontra na loja e que ela me retornaria às minhas ligações,mas nunca o fez. O Sr. Fernando também nunca está, ou então está ocupado e não pode me atender.O Valor total do orçamento incluindo troca e pintura do para choque traseiro é de R$ 1216,60, em três vezes sem juros no cartão. Após 2 meses do ocorrido nada foi resolvido . Não estou reclamando o dano físico que sofri,pois, entendo que o que aconteceu foi um acidente( uma fatalidade), embora, ocasionado por um piso perigoso. Reclamo sim o prejuízo financeiro que estou tendo (financeiro e moral)por responsabilidade de um funcionário da loja Dudalina Sr. Fernando e sua gerente Sra. Adriana. Marcia Cosentino
Resposta da Empresa:
24 de junho de 2019, às 15h59min
A empresa em questão ainda não se pronunciou sobre esta denúncia.

Você está encerrando esta denúncia.

Qual nota de satisfação você daria para esta empresa? Você foi bem atendido?

Dê a sua nota:

Você voltaria a contratar esta empresa?

  • Não
  • Sim
Encerrar esta denúncia

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!