Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
08 de janeiro de 2017, às 05h12min
Realizada
São Paulo - SP

Falta de autorização para suporte técnico em hospital credenciado

Prezados Senhores,
Estou entrando em contato para registrar uma reclamação e, também, minha indignação!!
No dia 05 de Janeiro de 2017, fui ao Hospital Sepaco (credenciado pelo Prevent Senior), para realizar uma Ressonância Magnética do Quadril Direito e Coluna Lombar. Foi solicitado o referido exame com sedação, pois tenho claustrofobia.
Este hospital é o único local credenciado pelo Prevent para a realização de Ressonância com sedação.
O exame estava marcado para as 11 horas da manhã. Depois de esperar por mais de duas horas para ser atendida, porque a máquina de ressonância estava com defeito e estavam tentando reparar, fui chamada para a sala, vesti o uniforme cirúrgico e uma auxiliar de enfermagem veio colocar o acesso venoso para receber a anestesia. Após esperar por mais de meia hora, chegou a Anestesista, Drª Livia Arena, informando que não iria aplicar a anestesia, pois, caso ocorresse algum problema durante o procedimento, o citado hospital não está autorizado pelo plano de saúde a internar o paciente, mesmo sendo uma emergência.
Agora....Como o Prevent credencia este hospital para realizar exames com anestesia geral, sem autorizar também a internação do paciente numa UTI, caso haja algum problema? Como o plano de saúde deixa que seus associados façam exames nesse hospital, sem que haja autorização para utilização do suporte necessário, no caso de uma emergência???
Fui obrigada a fazer a RNM sem sedação. Chorei durante todo o tempo do exame. Passei mal, com aumento de pressão arterial e Taquicardia. E se tivesse ocorrido um infarto, por exemplo, pois já tenho dois Stents, devido ao meu nervosismo e estado de pânico? Provavelmente, eu teria morrido, por falta de autorização para a prestação do socorro imediato. Estou indignada!!
Resposta da Empresa:
19 de fevereiro de 2017, às 21h41min
A empresa em questão ainda não se pronunciou sobre esta denúncia.

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!