Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
14 de fevereiro de 2016, às 16h51min
Realizada
Jacareí - SP

Fui Enganado pelo Carrefour

No dia 13/02/2016, adquiri na loja de São José dos Campos, uma TV Semp, que conforme o Pré Pedido 1291604446601 e a Nota Fiscal 37256?, seria uma ?TV 32 LED SMART SEMP TOSHIBA LE3278I?
Adquiri esse televisor, anunciado, apregoado e identificado no pedido e na Nota Fiscal como ?Smart TV?, com o intuito de usufruir dos recursos e benefícios tecnológicos do mesmo.
Após concretizar a compra, o aparelho ainda passou pelo atendimento ao cliente, onde o único procedimento foi conectar o mesmo à tomada de força e ligar e desligar o aparelho, sendo que nenhum outro teste foi realizado, nem mesmo em relação ao controle remoto ou qualquer outra função do aparelho.
Ao chegar em minha residência tratei de desembala-lo para iniciar sua instalação. Após conectá-lo à rede de energia, ao cabo de sinal de TV e à rede de internet, acessei o navegador para assistir um filme, foi quando constatei que o aplicativo ?NETFLIX? não se encontrava instalado, e recebi a informação que teria que fazer o download e instalar o mesmo, onde não logrei sucesso, pois essa ?SMART TV? não permite esse procedimento, mas eu havia anteriormente informado pelo vendedor que isso seria possível de maneira muito fácil e descomplicada.
Ao procurar informações sobre esse modelo de TV na internet, acabei descobrindo que a mesma não é uma ?SMART TV? como foi vendida a mim, e sim uma ?CONECT TV?, que não tem muitos dos recursos da ?SMART TV?, não se prestando assim à finalidade para qual foi adquirida.
Retornei então na data de 14/02/2016 à mesma loja, onde fui muito mal e porcamente atendido por um cidadão chamado Robert Matheus (pelo menos era o que constava em seu crachá de identificação), que alegava ser o gerente da área de eletrônicos.
Quando relatei o que houvera acontecido, que me fora vendida uma TV com informações errôneas, e que a mesma não se prestava ao propósito a qual deveria servir, o mesmo, com uma má vontade bem aparente, afirmou que não poderia fazer nada, pois conforme a política da empresa, não poderia receber a devolução da mesma (politica contraditória, pois a própria Nota Fiscal tem grafado em seu corpo os seguintes dizeres: Em caso de troca ou devolução, é indispensável a apresentação do Cupom Fiscal).
Quando o informei que fui ludibriado, que em nenhum momento fui informado das restrições tecnológicas do aparelho em questão, e que recebi a informação enganosa que o aparelho serviria aos meus propósitos, o mesmo, ainda com uma enorme má vontade, parecendo que fazia um grande favor em me dar alguma atenção, disse que se eu quisesse, poderia procurar meus direitos, e também que teria que provar tudo o que disse.
Informei-o então que a sua atitude, além de infringir vários artigos do Código de Defesa do Consumidor, caracterizava também um [alterado automaticamente pelo denuncio] contra o Consumo, que tornava a elaboração de Boletim de Ocorrência necessária e que o mesmo, como preposto da empresa, poderia ser indiciado criminalmente pela sua atitude. Nesse momento o Sr. Robert Matheus, tentou a todo custo empurrar a responsabilidade para o fabricante do aparelho de TV, dizendo que o Carrefour é responsável apenas pela venda dos mesmos, parecendo até que esqueceu que a empresa vendedora é responsável por toda informação sobre o produto antes da celebração do contrato verbal de compra e venda, não podendo omitir informações ou enganar o cliente nesse contrato.
Ao insistir que faria um B.O., o mesmo mudou seu discurso (mesmo estando visivelmente alterado), alegando que o Carrefour tem um Departamento Jurídico bem amplo e competente e que eu que me cuidasse para não ter que arcar com um processo.
Não sei se realmente é a empresa que age dessa maneira ou se foi a incompetência e despreparo de um funcionário, mas a imagem do Carrefour não é mais a mesma para mim, sendo que até a resolução desse impasse, agirei dentro da forma da lei, para ser ressarcido e informar a todos os prováveis consumidores, o que podem vir a encontrar no casso de um impasse com essa empresa.
Resposta da Empresa:
28 de março de 2017, às 21h43min
A empresa em questão ainda não se pronunciou sobre esta denúncia.

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!