Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
01 de março de 2010, às 13h14min
Realizada
São Paulo - SP

Não acho justo pagar por algo que não contratei, pois nada assinei

Bom dia Gostaria que me ajudassem a resolver um problema Me chamo Regiane e adquiri uma motocicleta em março do ano passado (03/2009) no nome da minha mãe, pois o meu havia uma restrição. Tentei colocar no seguro e não consegui justamente por causa dessa restrição. Me indicaram a Graber Rastreamento para monitorarem a moto caso houvesse sinistro. Assim venho pagando á 1 ano a mensalidade de R$ 79,00 pelo serviço e paguei também o aparelho de R$ 790,00 em 6 vezes. Surgiu um imprevisto e preciso vender a moto. Já tinha alguém interessado em comprar e então liguei para a Graber para cancelar o serviço. Fui informada de que eu havia contratado um serviço de fidelidade por 2 anos e que se eu cancelasse agora teria de pagar uma quantia de quase R$ 700,00 por quebra de contrato. Levei um grande susto, pois não me recordava de ter contratado um serviço onde eu ficaria pelo menos 2 anos a mercê deles e pagando por todo esse tempo também. Perguntei onde estava escrito isso e me disseram que era no contrato, no entanto eu não havia recebido contrato algum e tão pouco assinado alguma coisa. Vale ressaltar que como a moto está no nome da minha mãe o serviço também foi contratado no nome dela, mas ela também não recebeu esse tal contrato, porque o endereço que eles tem é o meu. Pedi que eles cancelassem e que me enviassem esse tal contrato, pois eu iria no PROCON reclamar desse serviço que não condiz com o que solicitei. Assim eles enviaram um contrato de 2 páginas para meu e-mail com a data do dia que eu liguei 12/02/2010 e não com a data do dia que eu adquiri o serviço que seria em 03/2009. O contrato além de estar com as informações diferentes do que me passaram, estava totalmente ilegível. Deu a entender que eu estava solicitando um novo serviço, pois me ligaram querendo marcar um dia para INSTALAREM o aparelho rastreador e não para TIRAREM o aparelho que já tenho instalado na moto. Disseram também no começo que o aparelho seria meu após o pagamento do mesmo, no entanto eles informaram que o aparelho está em comodato (emprestado). Já não sei que tipo de serviço eu solicitei e estou pagando, pois fui informada de uma coisa ao adquirir o serviço e no momento de cancelar eles informam outra coisa. Além desse "impecílio contratual", venho sofrendo com o mal serviço, pois nas últimas semanas a moto tem bloqueado sem motivo aparente. Saio de casa com a moto e em qualquer lugar que estaciono e logo saio a moto está bloqueada. Há um "macete" que podemos fazer para que o bloqueio seja interrompido e todas as vezes que isso acontece, como estou na rua e eles não me ligam para enviarem o desbloqueio via satélite, eu faço esse desbloqueio manual para poder chegar até em casa. Com isso a moto fica sem rastreamento, ou seja, pode ocorrer [alterado automaticamente pelo denuncio] e eles não consiguirão localizar a moto. Já liquei, reclamei e eles iriam enviar um técnico para trocar o aparelho, enquanto isso eu estou andando sem o serviço de rastreamento já que o desbloqueio manual foi solicitado por eles até que arrumassem o problema no rastreador. Enfim, deixei de vender a moto por causa disso e tudo que eu gostaria era apenas que tirassem o rastreador da moto e que não me enviassem qualquer outro tipo de cobrança, pois já não estou utilizando o serviço de rastreamento e não acho que devo pagar multa por algo que não contratei, pois nada assinei. Já não faço nem questão de ter o aparelho, tudo que quero é cortar esse vínculo que ainda tenho com eles e vender minha moto, pois preciso do dinheiro urgente. Tenho o contrato que me enviaram por e-mail depois que liguei pedindo o cancelamento, o chek-list de instalação do aparelho, que eles acharam que era o contrato que assinei e tenho também os boletos pagos do aparelho rastreador e os boletos mensais do serviço. Aguardo contato para que eu possa resolver essa questão o quanto antes. Desde já agradeço. regienaiger@yahoo.com.br
Resposta da Empresa:
21 de julho de 2018, às 07h33min
A empresa em questão ainda não se pronunciou sobre esta denúncia.

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!