Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
08 de junho de 2014, às 19h20min
Respondida
São Paulo - SP

Não paga o relacramento e nem atende meus e-mails

Ref: Sinistro B 10 53 25433 - Placa BGF9148

Prezados senhores,

Não vou reescrever todos os detalhes dos e-mails que trocamos sobre o sinistro em questão desde o momento que contestei sua oferta de pagamento do mesmo. É improdutivo e desnecessário visto que os e-mails que trocamos contêm todos os detalhes das conversas e podem ser consultados a qualquer tempo. Assim, tudo que está escrito em resumo aqui pode ser consultado nos e-mails entre nós.

Caso tenham perdido algum, reenvio prontamente. Eu uso o Gmail como correio eletrônico porque ele não permite alterar o conteúdo depois de recebido. Assim as cópias de e-mail que enviaria são fiéis às originais suas enviadas a mim.

Logo após o sinistro fui orientado a procurar a oficina INDICADA PELOS SENHORES para fazer a vistoria e o conserto. Estando lá a inspeção foi feita e um orçamento submetido aos senhores. Este orçamento foi negado unilateralmente pelos senhores, mesmo a oficina CREDENCIADA ter feito o orçamento o que significa que ela estaria apta a reparar o veículo. Em lugar do conserto os Srs. ofereceram em troca o valor orçado por esta oficina, no valor de R$ 1.846,57.

Contestei sua posição, pois não entendia o motivo do porque de todo transtorno do conserto do carro ser transferido para minha pessoa, que não tive culpa alguma no sinistro. Afinal, fiz o que me foi mandado: Levei numa oficina de sua rede e foi feito um orçamento válido. Desta forma sou levado a acreditar que tentaram me enrolar desde o primeiro momento. Afinal, dar o dinheiro para mim e deixar eu me virar é a saída mais fácil, não é?

Somente depois de minha contestação é que fui informado que não havia peças originais para consertar o veículo e nenhum tipo de alternativa me foi oferecido até então pelo Sr. Vinícios. Ora! A oficina forneceu um orçamento, portanto estava disposta a executar o serviço! Não acredito que uma oficina credenciada não detectou a idade do veículo na hora de fazer o orçamento. Seria muita incompetência se tivessem deixado passar este ponto, Assim penso que a oficina sempre teria condições de executar o serviço.

No dia 1 de outubro questionei sobre os custos adicionais, pois o veículo é registrado em Contagem, MG. O Sr. Vinícios começou então a tática de silêncio, me ignorando desde o dia 01/10/2013 até o dia 17/10/2013 quando contatei o SAC.

No mesmo dia que contatei o SAC o Sr. Vinícios aumentou a oferta em aproximadamente R$ 50,00 que entendi como pagamento pelos custos adicionais que eu havia questionado anteriormente. Senti-me ofendido. Ofendido por quê? Ofendido, pois Contagem em MG está a aproximadamente 600 km de São Paulo e qualquer pessoa medianamente capaz de usar o cérebro sabe que este valor não paga as despesas da viagem. Senti-me como se tivessem achado que sou um [alterado automaticamente pelo denuncio].

O SAC que se posicionou a favor da Tokio Marine, óbvio! Obvio, porque não leram o processo. Como deram o caso por encerrado, tentei falar com a ouvidoria que, incrivelmente não procurou diálogo se posicionando radicalmente a favor da Tokio Marine. Digo radicalmente, pois o e-mail de contestação que escrevi foi recusado pelo servidor de e-mails de voces apesar de ter feito a resposta em cima do e-mail da ouvidoria, sendo, portanto o endereço de onde o e-mail foi enviado sem alteração alguma. Isto para mim é prova de [alterado automaticamente pelo denuncio] por parte da sua empresa, pois me impediu de continuar a conversar sobre o problema com a ouvidoria. A única alternativa dada pelo sistema é retomar o processo pelo telefone, o que implicaria em falar novamente tudo para o atendente, finalizando no mesmo resultado, ou seja, pura perda de tempo. Fico pensando se esta tática de protelar a resolução dos problemas é padrão em vossa empresa...

Lembrei-me então da corretora Vila Velha Seguros e na pessoa da Sra. Patrícia consegui reaver o contato com a Tokio Marine na pessoa do Sr. Humberto.

Expliquei-lhe por telefone o porquê não poderia aceitar esta posição. Ele no e-mail de 20/12/2014 prometeu-me analisar meus argumentos e me pediu o demonstrativo de despesas extras que, animado com o desenrolar da conversa, prontamente enviei para ele.

Passei um e-mail para ele perguntando sobre a análise. Ele me disse que estava esperando meu demonstrativo! Pensei que, como acontece algumas vezes, o e-mail se perdeu por qualquer motivo. Reenviei então o demonstrativo em 07/01/2014 e aguardei.
Não tendo resposta, escrevi novamente e obtive uma resposta automática orientando para enviar para a Sra. Adriana Souza que no dia 03/01/2014 simplesmente enviou o processo de volta para o Sr. Vinícios, a mesma pessoa que estava me ignorando!

O Sr. Vinícios em 13/03/2014 então me solicita por e-mail que sejam enviados os comprovantes e recibos das despesas ?QUE EU TIVE? (!!!) com o conserto do veículo!
Ora, acabou-se minha paciência. Esta pessoa pensa que sou um [alterado automaticamente pelo denuncio]. Nem se deu ao trabalho de analisar o processo nem mesmo o último e-mail onde eu já havia mandado os demonstrativos!!!

O Sr Humberto prometeu analisar os custos extras que já foram enviados! Depois de ter sido enrolado por tantos meses, vocês acham mesmo que vou usar do meu dinheiro para receber depois sem nenhuma garantia? Só pode ser brincadeira de sua parte!
Mas eu não estou de brincadeiras. Cansei de ser chamado de sangue de barata, cansei de ouvir piadinhas sobre a traseira do meu veículo e cansei de levar prejuízos por sua causa.

Só vou assinar qualquer documento quando tiver o cheque em mãos. Não confio mais nos senhores. As despesas extras terão que ser pagas antecipadamente.

Volto a dizer pela enésima vez:
1) Não tive culpa no acidente.
2) Não sou funcionário da Tokiomarine. Assim, o tempo que eu perderei resolvendo este assunto que é de sua alçada, deverá ser pago, pois meu patrão irá me descontar o tempo perdido.
3) Nunca quis dinheiro e continuo não querendo. Quero meu carro consertado.
4) Não sou [alterado automaticamente pelo denuncio], favor tratar-me com respeito.
5) Não sendo [alterado automaticamente pelo denuncio], nunca pedi para fazerem o conserto com peças originais, pois o veículo é antigo. Mesmo assim, procurando-se acha, pois eu mesmo já encontrei peças originais quando fiz consertos no veículo. Propus-me a mostrar as notas fiscais provando este fato.

A Tokio Marine tem um padrão de qualidade no conserto dos veículos. Reconheço e elogio. Porém, eu também tenho! É minha vida que está dentro do veículo e, apesar da idade do veículo, não brinco com as manutenções necessárias. Só conserto meu veículo em oficinas de confiança e tenho notas fiscais também para comprovar o que afirmo.
Assim, como a Tokio Marine não quis propor outra saída a não ser pagar o sinistro orçado pela sua oficina, me vi obrigado eu mesmo consertar o carro, certo? Orcei então o conserto com uma pessoa de confiança que trabalha com restaurações. Esta oficina fica em Lorena, SP.

Repito aqui pela última vez: NUNCA QUIS EXPLORAR NINGUÉM, só quis meu carro consertado, mas em vez disso fui enrolado e tratado com desleixo e vocês tentando me ganhar pelo cansaço. Os custos do reparo vocês aceitaram pagar, mas os custos adicionais vocês não aprovaram ainda e parece que não vão aprovar.
Para tentar entrar num acordo JUSTO relacionei o mínimo de despesas possíveis para vocês e mesmo assim fui mais uma vez ignorado pelo Sr Vinícios e pelo Sr. Humberto, que imaginei fosse resolver o caso e, por fim, pela Adriana que nem se deu ao trabalho de ler o processo e o devolveu para o Sr. Vinícios que deveria ter resolvido já em 09/2013 comprovando que lidar com os senhores é pura perda de tempo!
Segue abaixo o demonstrativo a ser reposto pelos senhores pelos custos adicionais que terei que arcar com o conserto do veículo:

Viagem de ida e volta para Lorena, SP. R$ 0,80 X 400 km = R$ 320,00
Dias perdidos para levar e trazer o veículo. R$ 221,61 X 2 dias = R$ 443,22
Viagem para relacramento em Contagem, MG. R$ 0,80 X 1200 km = R$ 960,00
Preço do relacramento: Não sei, fica de graça. R$ 0,00
Dias perdidos para levar e trazer o veículo. R$ 221,61 X 3 dias = R$ 664,83
Despesas estimadas com pedágios, refeição e hospedagem. R$ 200,00

Total R$ 2.588,05

O valor anterior de R$ 0,36 por km rodado foi baseado somente no consumo do meu veículo para mostrar minha intenção de não prejudicar a Tokio Marine apesar do transtorno que eu já tinha passado. Devido à posição tomada da Tokio Marine em enrolar-me repetidamente, eu retiro aqui esta concessão e arbitro um valor mais próximo da realidade do mercado de R$ 0,80/km. Além disso, exijo o pagamento antecipado dos custos adicionais além do valor do conserto reajustado monetariamente. Em caso negativo assumo que os senhores farão o conserto do meu veículo e espero orientação em qual oficina de sua rede deixar o veículo para conserto.

Repito mais uma vez: Não me interessa o dinheiro. Interessa o veículo consertado. Os senhores possuem toda uma infraestrutura voltada para isto, pois é seu negócio. Usem-na, pois se eu for fazer o conserto será nos meus termos, que não são abusivos. São justos como demonstrado acima. Lembrando que não sou funcionário de vocês e o tempo que gastarei com o processo deve ser pago também, pois não trabalho de graça e acredito que os senhores também não.

Decidi tomar outro rumo no assunto depois de enviar em 13/03/2014 novamente para vocês o demonstrativo conforme solicitado pelo Sr Vinícios, apesar de já saber que não obteria nenhum retorno visto o tratamento dado até agora, 03/04/2014.

Como voces podem ver, não obtendo resposta fui obrigado a tomar outros caminhos que começam agora, reclamando onde for possível e por fim entrando com recurso na justiça, pois acabou-se de vez minha paciência.
Resposta da Empresa:
16 de junho de 2014, às 17h26min
Olá Sr. Laercio,


Efetuamos tentativas de contato com o senhor nesta data, através dos telefones informados em suas interações, porém não obtivemos êxito. O intuito era esclarecer quanto aos seus apontamentos, dessa forma, solicitamos por gentileza nos fornecer através do e-mail atendimento.redessociais@tokiomarine.com.br outros telefones e melhor horário para localizá-lo.


Agradecemos a sua atenção e permanecemos à disposição para outras informações sobre esse assunto no e-mail destacado acima.


Atenciosamente,


Atendimento ao Cliente

Você está encerrando esta denúncia.

Qual nota de satisfação você daria para esta empresa? Você foi bem atendido?

Dê a sua nota:

Você voltaria a contratar esta empresa?

  • Não
  • Sim
Encerrar esta denúncia

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!