Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
10 de abril de 2011, às 21h26min
Realizada
São Bernardo do Campo - SP

PESSIMO ATENDIMENTO E COBRANÇA INDEVIDA

Boa noite! Meu nome é Rogerio Ribeiro Quina e Vanessa de F. Barbosa, efetuamos a compra de um apartamento no empreendimento Domo Home em 12/12/2010 – Torre Panteon – apto 271 Com o atendimento da consultora Francesa no stand de venda na Av. Pereira Barreto, acompanhada de seu supervisor Gregório e gestão do Sr. Eliseu. De acordo com proposta de venda data 12/12/2010 ficou estabelecida que a taxa de decoração no valor de R$ 7.448,00 ( Sete mil quatrocentos e quarenta e oito reais ) deveria ser quitada em 01/05/2012. No dia 14/12/2010 efetuamos uma alteração no valor de entrada e parcelas mensais, porém conforme proposta de venda sem alteração no valor da taxa de decoração bem como sua data de quitação. ( 01/05/2012) Nosso problema iniciou com o não recebimento de um boleto do mês de fevereiro/2011 no valor de R$ 2.000,00 ( Dois mil reais ) gerando juros e juros de mora indevidos (visto que não tivemos nenhum aviso em relação ao mesmo ) Tive que entrar em contato diversas vezes insistindo na quitação isenta de juros, sem sucesso e com um péssimo atendimento não correspondente a uma empresa de grande porte pela AGRE e SYSCOB Nossa surpresa infelizmente não parou no ocorrido, ao analisar o contrato o mesmo não foi registrado corretamente de acordo com a negociação de compra , conforme o já citado proposta de venda data 14/12/2010 A taxa de decoração ora citada foi programada para o dia 10/01/2011, e além de termos sido ludibriados de uma forma inaceitável com total falta de respeito , não recebemos nenhum tipo de cobrança na data citada, quer seja via boleto ou qualquer outro tipo de aviso. Descobrimos o fato após contato da empresa de cobrança SYSCOB, e mesmo sendo enganado pela empresa AGRE, sugeri a quitação do valor em questão imediatamente, mesmo em desacordo ao proposta de venda firmado de acordo com o negociado em 14/12/2010. Após vários contatos com a empresa AGRE e SYSCOB registrados através de e-mail, fui tratado de forma vexatória ,como um inadimplente (que não sou ) e não posso pagar pela incompetência e falta de profissionalismo da empresa em questão. Acredito que tenham conhecimento que o relato fere o Código de Defesa do Consumidor em sua Seção V artigo 42º podendo inclusive resultar em ação de repetição de indébito Da cobrança de dívidas Na cobrança de débitos o consumidor inadimplente não será exposto a ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça. Fomos ao plantão de vendas mencionado em 09/04/2011 , buscando informações e maneiras de resolver o problema citado, e fomos recebidos pelo Sr. Gregorio e Sr. Eliseu , que confirmou o acordado, nos apresentando inclusive os propostas de vendas já mencionadas com a data de quitação da taxa de decoração 01/05/2012. O Sr. Gregório ainda nos informou que a data de 10/01/2011 não deveria existir cobrança, pois não teria como ser gerado um boleto, e se fosse a data correta para quitação o mesmo teria nos cobrado um cheque para a data em questão. Vale ressaltar que não estamos nos negando ao pagamento da referida taxa, mesmo esta estando em desacordo ao proposta de venda firmada, porém , na valor contratado ou seja, R$ 7.448,00 e não o que a AGRE e SYSCOB estão nos cobrando que é inaceitável R$ 8.713,00, ou seja , R$ 1.265,00 de juros por um erro da própria AGRE. Estamos nos sentindo [alterado automaticamente pelo denuncio]s, sem comentar o péssimo atendimento da empresa SYSCOB e AGRE, que não se mostram flexivos para a resolução do problema e desrespeitam o consumidor, e após vários contatos para tentativa de solução sem sucesso, foi gerado um boleto no valor de R$ 8.713,00 com vencimento para 11/4/2011, e outro referente a parcela de fevereiro (também com juros indevido ) Estarei efetuando as quitações ( mesmo contrariando o firmado ) e procurarei o PROCON e outras formas judiciais para resolução do problema, visto que a AGRE e SYSCOB [alterado automaticamente pelo denuncio]am meu direito e não possuem bom senso para estabelecer um acordo. Somos bons pagadores, e nunca tivemos problemas com nosso nome, e não será agora que isso ocorrerá, sendo que compramos um apartamento de R$ 450 mil e não será a cobrança de juros indevidos de R$ 1.265,00 que mudará esse histórico. Infelizmente uma empresa como a AGRE prefere ter seu nome manchado por tão pouco, mas faremos nossa parte divulgando o ocorrido. Sem mais Rogerio Quina Vanessa Barbosa
Resposta da Empresa:
24 de maio de 2019, às 06h50min
A empresa em questão ainda não se pronunciou sobre esta denúncia.

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!