Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
12 de dezembro de 2017, às 15h39min
Respondida
Belo Horizonte - MG

Ponto Frio recebe o pagamento e não entrega

No dia 23/11/2017 comprei um Tablet Samsung Tab E no site pontofrio.com por R$599,54.

Optei pela compra em função do valor e do prazo de entrega, prometido até o dia 07/12/2017.

O pagamento foi realizado à vista, por meio de boleto bancário, sendo confirmado pelo fornecedor no mesmo dia 23/11/2017.

De acordo com o histórico registrado no site, o produto teria sido separado no estoque dia 25/11/2017, sendo coletado pela transportadora no dia 28/11/2017, mesmo dia em que ocorreu a emissão da nota fiscal.

Até aí tudo bem.

O problema é que o fornecedor me enviou um e-mail no dia 04/12/2017 informando que supostamente realizou uma tentativa de entrega do produto e não localizou o endereço.

Estranhando a situação, acessei o meu cadastro no site e verifiquei que meu endereço está correto, sendo o mesmo em que recebo todas as minhas correspondências. A propósito, resido em área central de Belo Horizonte e recebi uma compra realizada no site extra.com na semana passada e a segunda via de um documento emitido pelo Detran/MG ontem.

Entrei em contato por meio do chat no dia 05/12/2017, ratifiquei o endereço que consta no site e na nota fiscal do produto, e a atendente de nome ?Raquel? ficou de me retornar por e-mail em até 24 horas.

Passados cinco dias sem o retorno prometido, entrei em contato novamente.

No dia 11/12/2017, por meio do chat, fui atendido pela atendente ?Gleiciane?, momento a partir do qual tudo passou a ficar ainda mais estranho.

Isso porque a referida atendente passou, claramente, a tentar me fazer desistir da compra, primeiro pedindo novamente a confirmação do endereço, depois informando que o produto estaria em rota de retorno ao centro de distribuição, e, finalmente, asseverando que, após a chegada do produto nesse centro de distribuição, levariam 10 dias úteis para me informarem outro prazo para entrega do produto.

Não satisfeita, a atendente me questionou se ainda desejava o ?reenvio? do produto ou o cancelamento da compra.

Por tudo isso, suspeito que o site extraponto.com não tenha o produto que me ofereceu ou não deseja manter a venda pelo preço que foi ofertado, aceito e pago.

Enumero e explico as razões dessa conclusão:

1) Não é verossímil que tenham realizado essa tentativa de entrega, pois o endereço está correto e possui referência clara (moro em prédio na área central, que fica em frente a um posto de combustível na minha rua ? um dos dois que existem na rua ? e conta com porteiro 24 horas);

2) Ainda que tivessem tentado entregar o produto, não é verossímil que ele leve mais tempo para retornar ao centro de distribuição do que levou todo o procedimento de compra;

3) Ainda que tivessem tentado entregar o produto, não é verossímil que o fornecedor leve mais tempo para informar uma nova data de entrega certa, real e efetiva do que levou todo o procedimento de compra;

4) O preço atual do produto é R$849,00, cerca de R$250,00 a mais do que eu paguei, sendo essa uma provável razão da insistência da atendente em me fazer desistir da compra.

No entanto, sou consumidor bem informado, com formação jurídica e conheço perfeitamente e integralmente meus direitos. Além disso, possuo prova documental de tudo o que foi narrado acima.

Dessa forma, exigirei a entrega do produto comprado, seja extrajudicialmente ou judicialmente, tendo em vista que a oferta obriga o fornecedor (arts. 30 e 35, I, CDC).

Sem prejuízo do cumprimento do que foi ajustado, ainda que forçado, exigirei reparação por danos materiais, consistentes nos juros e na correção monetária correspondente à aplicação que deixei de realizar com o valor pago pelo produto, bem como por danos morais, tanto pela [alterado automaticamente pelo denuncio] a minha honra quanto pela perda do meu tempo útil.

Ademais, naturalmente, a empresa terá que arcar com as custas processuais e com os honorários advocatícios.

Finalmente, vou denunciar o fornecedor junto ao Procon por publicidade enganosa (art. 37, §1°, CDC ? descumprimento do prazo de entrega prometido) e prática abusiva (art. 39, II, IX, XII ? recusa do atendimento à demanda e à estipulação de prazo certo, real e efetivo para entrega de produto comprado e pago).


Resposta da Empresa:
12 de dezembro de 2017, às 21h01min
Olá

Boa noite.

Pedimos sinceras desculpas pelo ocorrido.
Notamos que a sua compra foi realizada na Loja Virtual, direcionamos a sua reclamação para Equipe de Pós Venda verificar e prosseguir com o atendimento.

Agradecemos a compreensão e nos colocamos à sua disposição.

Atenciosamente

Daisy
Central de Relacionamento Lojas Física

Você está encerrando esta denúncia.

Qual nota de satisfação você daria para esta empresa? Você foi bem atendido?

Dê a sua nota:

Você voltaria a contratar esta empresa?

  • Não
  • Sim
Encerrar esta denúncia

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!