Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
21 de maio de 2010, às 17h10min
Realizada
São Paulo - SP

Processo de Vistoria Veicular irregular

A empresa CONTROLAR que é responsável pela inspeção veicular ambiental na cidade de São Paulo, não cumpre com os procedimentos acordados pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) e destacados nos folhetos por eles distribuídos à população de São Paulo. Um destes procedimentos é a Inspeção Visual, que prevê avaliar o estado dos itens de controle de emissão (mangueiras rasgadas, rachadas ou desconectadas, ausência de cânister, entre outros), para cada marca/modelo e ano do veículo. Caso o veículo não esteja em conformidade com um dos itens avaliados, será REPROVADO, mas mesmo assim DEVERÁ SER ENCAMINHADO PARA A INSPEÇÃO COMPUTADORIZADA, coisa que não acontece, o que é feito é rejeitar o veiculo e este se retira sem conhecer possíveis defeitos na emissão dos gases, dos quais só tomará conhecimento na próxima vistoria da qual será REPROVADO e obrigado a pagar uma nova vistoria. Perdendo a oportunidade de que, na trocar das borrachas rasgadas ter de corrigir uma possível irregularidade que até o momento se desconhecia. Sem mencionar que eles desconhecem ou pelo menos não informam que a emissão de gases varia muito com o tipo de combustível e com o aquecimento do carro. Para seu conhecimento um dos carros da empresa (Fiat UNO Mille Fire Flex - 2006) já passou por 4 inspeções e todas elas foi reprovado, sendo que o carro na primeira revisão já tinha realizado a manutenção preventiva que inclui troca de óleo, filtros etc. e após ser reprovado por ter uma borracha com um pequeno corte que passo desapercebido na manutenção, volto para a 2ª vistoria onde foi reprovado por uma diferença de 0,06 no COc (limite 0,30 – marcou 0,36), após isto foi realizada uma manutenção mais profunda na troca de velas e limpeza do sistema injetor, mesmo assim já que o carro é Flex foi trocado o combustível álcool pela gasolina para ter um melhor rendimento e mesmo assim os limites de COc e HCc ficaram maiores aos permitidos e inclusive aos medidos na mecânica, resumindo temos feito todo o que é necessário e temos comprovante disto, com a nota fiscal do mecânico e os relatórios do equipamento de medição utilizado que cumpre a mesma função dos utilizados pela CONTROLAR. O que posso dizer é que eu concordo com as vistorias veiculares, mas que devem ser adotadas medidas de maior comunicação e competitividade coisa não demonstrada pela CONTROLAR, ao não informar claramente as condições que influenciam ao veiculo a poluir mais como é o carro frio e o combustível utilizado, sem mencionar que a reprovação gera um enorme negócio para eles.
Resposta da Empresa:
25 de abril de 2019, às 06h37min
A empresa em questão ainda não se pronunciou sobre esta denúncia.

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!