Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
13 de abril de 2011, às 11h10min
Realizada
São Paulo - SP

Reembolso relativo à [alterado automaticamente pelo denuncio]

Eu, Erico Fernandes Berriel, brasileiro, Analista de Sistemas, Casado, portado do RG. xxx e CPF. xxx, venho por meio desta comunicar os fatos ocorridos em 15/01/2011 na Academia Runner Santana e, expressar minha indignação e descontentamento com o atendimento da empresa Runner, requerendo ao final o reembolso dos danos suportados. Primeiramente informo que pago em dia o plano anual que fiz com a referida empresa, respeito todas as normas e condutas. Respeito a idoneidade e competência nos serviços prestados. Foi nesse sentido que escolhi a academia Runner devido à recomendação médica em prática de esportes para fortalecimento do tronco e costas devido a dores que sentia, foi quando o conceito que tinha pela academia caiu por terra. Isto porque, no dia 15/01/2011 ao retornar ao vestiário encontrei minha mochila aberta sobre os bancos com meus pertences revirados. Percebi que haviam [alterado automaticamente pelo denuncio] o celular (Nokia 5230) e todo o dinheiro ( R$ 240,00) que se encontrava na carteira. Saliento que pelas normas e regras da Runner, ao entrar na academia, me identifiquei no sistema de controle de acesso com minha digital, segui para o vestiário e deixei a mochila aos cuidados do funcionário responsável pela chapelaria, o qual entregou a mochila a um desconhecido. Não bastasse o desespero e o sentimento degradante de ter sido vítima de [alterado automaticamente pelo denuncio] qualificado de uma empresa na qual sempre depositei minha confiança, fui inesperadamente surpreendido pelo péssimo atendimento e descaso. Mesmo diante da humilhante situação que passei e do registro do boletim de ocorrência, a Runner tratou os fatos com extremo descaso. Ao contrário, mesmo com o [alterado automaticamente pelo denuncio] de todo o dinheiro e do celular com todos os seus dados pessoais, a Runner se negou a prestar qualquer auxílio imediato, o que me causou ainda mais angústia com a situação, já que me foi negada ajuda da empresa que tanto utilizo e tinha plena confiança em seus serviços, bem como me vi por diversas vezes os funcionários rirem da situação como se fosse algo engraçado! Por tais razões, registrei a ocorrência junto à Polícia Civil de São Paulo, sob o nº 35478/2011. Pois bem, esclarecido os fatos e expressada minha indignação, pleiteio, no prazo máximo de 05 dias, o ressarcimento imediato dos danos materiais suportados em razão da falha na prestação de serviços ocorrida diante do arrombamento da mochila e acima descrito, que havia sido depositada à confiança a Runner. Sem mais, deixo-me a disposição para eventuais e futuros esclarecimentos, na espera que o caso seja brevemente analisado e seja dada a solução almejada e pleiteada com base nos artigos do Código Civil listados a seguir: Art. 629. O depositário é obrigado a ter na guarda e conservação da coisa depositada o cuidado e diligência que costuma com o que lhe pertence, bem como a restituí-la, com todos os frutos e acrescidos, quando o exija o depositante. Art. 630. Se o depósito se entregou fechado, colado, selado, ou lacrado, nesse mesmo estado se manterá. Atenciosamente. Erico Fernandes Berriel OBS.: Infelizmente já até sei qual será a resposta deles, a de sempre, padronizada, vaga, somente para “Inglês ver”: “Prezado, Sua reclamação foi encaminha ao setor responsável. Em breve entraremos em contato para posicioná-lo quanto a situação aqui descrita para que possamos resolver o problema. Colocamo-nos à disposição para atendê-lo também via nosso canal oficial Fale Conosco, disponível no portal Runner (www.runner.com.br). Atenciosamente, Equipe Runner.”
Resposta da Empresa:
16 de junho de 2019, às 02h35min
A empresa em questão ainda não se pronunciou sobre esta denúncia.

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!