Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
07 de junho de 2018, às 11h30min
Realizada
Goiânia - GO

Valores [alterado automaticamente pelo denuncio]dos pelo banco contrariando decisão judicial

Há 2 anos, por desacordo comercial, entramos com uma ação contra o Santander (agência 2032). Neste momento o Juiz do 3º JUIZADO ESPECIAL CÍVEL publicou um decisão que o Santander NÃO poderia debitar em hipótese alguma nenhum valor da conta salário até decisão final. Decisão esta que foi enviada via sistema e também através de oficial de justiça para o banco. Porém mesmo assim por 6 vezes e no dia 06/06/2018, o banco ignorou a ação da justiça e debitou. Fui na agência e me informaram que é assim mesmo e nem quiseram ler a decisão do juiz que tinha impresso e apresentado. Liguei na central e me disseram que quem manda no banco é o banco e não é nenhum " JUIZINHO " que iria ditar as regras do Santander! Porque existe a justiça então? Se o banco desdenha do próprio juiz e ignora sua decisão (em anexo). Disseram ainda que vão debitar quantas vezes forem necessário. Não estou aqui querendo me abdicar de não pagar o banco, mas ambas as partes tem que respeitar a decisão do juiz, uma vez que independente dos processo internos do banco, EXISTE UMA DECISÃO JUDICIAL com ordem clara. Agora como faço para ter esse dinheiro que foi subtraído da minha conta salário? E pior ainda, a conta estava com portabilidade, ou seja, antes de transferir automaticamente o meu salário para outro banco, já [alterado automaticamente pelo denuncio]ram meu dinheiro alegando que são melhores a acima do poder judiciário. Após liguei em outra central e me disseram para esperar 7 dias.... Isso já ocorreu 6 vezes anteriormente, da última vez pediram este prazo, não me retornaram e quando eu liguei novamente abriram outro protocolo por mais 2 vezes, ou seja, 21 dias. Eles simplesmente, aleatoriamente vão descumprindo o judiciário como forma de diminuir o que consideram prejuízo, forma sem índole, contra as leis e ainda debochando de mim e da justiça. Meu salário é muito importante para a subsistência da minha família, tenho uma sobrinha com cancer e quem cuida sou eu através de médicos e medicamentos. Eles não podem fazer o que querem e ainda nos prejudicar desta forma, ainda mais com os problemas que estamos enfrentando no momento.
Resposta da Empresa:
17 de agosto de 2018, às 22h54min
A empresa em questão ainda não se pronunciou sobre esta denúncia.

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!