Lojas Cem S.A. é condenada a indenizar mulher cujo nome foi inscrito indevidamente em cadastros de inadimplentes

Lojas Cem S.A. foi condenada a pagar R$ 6.000,00, a título de indenização por dano moral, a uma mulher (G.S.) cujo nome foi inscrito indevidamente em órgãos restritivos de crédito.

Lojas Cem S.A. foi condenada a pagar R$ 6.000,00, a título de indenização por dano moral, a uma mulher (G.S.) cujo nome foi inscrito indevidamente em órgãos restritivos de crédito.

 

Essa decisão da 8.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná reformou parcialmente (apenas para aumentar o valor da indenização) a sentença do Juízo da Comarca de Terra Rica que julgou procedente o pedido formulado na ação declaratória de negativa de débito cumulada com responsabilidade civil ajuizada por G.S. contra Lojas Cem S.A.

 

(Apelação Cível n.º 845297-1)

 

CAGC

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!