Magazine Luiza S.A. é condenado a indenizar mulher cujo nome foi inscrito indevidamente no cadastro de inadimplentes do SCPC

O Magazine Luiza S.A. foi condenado a pagar R$ 8.000,00, a título de indenização por dano moral, a uma mulher (L.M.M.) cujo nome foi inscrito, indevidamente, no cadastro de inadimplentes do SCPC em razão de uma compra efetuada (mas não paga) por alguém que se passou por ela utilizando documentos que foram dela furtados.

O Magazine Luiza S.A. foi condenado a pagar R$ 8.000,00, a título de indenização por dano moral, a uma mulher (L.M.M.) cujo nome foi inscrito, indevidamente, no cadastro de inadimplentes do SCPC em razão de uma compra efetuada (mas não paga) por alguém que se passou por ela utilizando documentos que foram dela furtados.

 

Essa decisão da 8.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná reformou, em parte (apenas para aumentar o valor da indenização), a sentença do Juízo do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba que julgou parcialmente procedente o pedido formulado na ação de indenização ajuizada por L.M.M. contra o Magazine Luíza S.A.

 

(Apelação Cível n.º 860586-9)


CAGC

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!