últimas notícias
  • Turismo - 06 de junho de 2013, às 20h42min
    A juíza titular da 7ª Vara Cível de Campo Grande, Gabriela Muller Junqueira, condenou a empresa Rio Sucuri Ecoturismo ao pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 50.000,00 à autora da ação (A.R.C.M.), que teve seu corpo incendiado após um acidente no estabelecimento de turismo localizado em Bonito.
  • Turismo - 27 de maio de 2013, às 18h57min
    A 3ª Turma Recursal do Fórum Professor Dolor Barreira condenou a Be Happy Representações Turísticas Ltda. a pagar indenização para os clientes K.A.S.P. e L.CN.P. A decisão, proferida nesta segunda-feira (27/05), teve como relator o juiz André Aguiar Magalhães.
  • Turismo - 26 de maio de 2013, às 11h54min
    A 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio manteve a decisão da 1ª Vara Cível Regional de Itaipava que condenou a empresa Decolar.com a indenizar, por danos morais, um cliente em R$ 12.360,04. Para a desembargadora-relatora da decisão monocrática, Célia Maria Vidal Meliga Pessoa, "o fato extrapola o mero descumprimento contratual, pois gera desgaste emocional, interfere no equilíbrio psicológico e afeta o bem-estar do cliente".
  • Turismo - 23 de maio de 2013, às 07h18min
    A Pousada Kanaloa, localizada em Jijoca de Jericoacoara (distante 295 km de Fortaleza), foi condenada a pagar indenização equivalente a 30 salários mínimos ao cliente E.B.R., acusado injustamente de furto. A decisão é da juíza Maria Lúcia Falcão Nascimento, titular do 14º Juizado Especial Cível e Criminal da Capital.
  • Turismo - 22 de maio de 2013, às 21h26min
    A empresa Royal Caribbean Cruzeiros Brasil Ltda. foi condenada a pagar R$ 10 mil, a título de indenização por danos morais, ao passageiro J.C.L. O autor contratou um cruzeiro marítimo por cinco dias e, no dia posterior ao embarque, apresentou sintomas de infecção pelo norovírus (vômitos e diarreia).
  • Turismo - 10 de maio de 2013, às 11h11min
    A frustração sofrida por um casal em lua de mel foi reconhecida pela 3ª Câmara de Direito Civil do TJ ao confirmar indenização por danos morais concedida em sentença da comarca de Blumenau. Recém-casados, eles seguiram ao Rio de Janeiro para de lá partirem em um cruzeiro pela costa nordestina, no verão de 2010.
  • Turismo - 01 de março de 2013, às 18h56min
    Por unanimidade, a 5ª Câmara Cível negou provimento ao Agravo Regimental impetrado por L.C.T.F. em desfavor de Flytour Travel Solutions Campo Grande, por não se conformar com a decisão interlocutória do relator do recurso, Des. Luiz Tadeu Barbosa Silva, que lhe indeferiu os benefícios da assistência judiciária gratuita.
  • Turismo - 18 de fevereiro de 2013, às 20h42min
    A 2ª Turma Recursal dos Juizados Especiais do Distrito Federal negou provimento a recurso de uma agência de viagens mantendo a sentença do Juizado Especial que afirma haver possibilidade de cancelamento de compra de passagem aérea sem multa pelo cliente, quando ocorre no prazo de sete dias a contar da assinatura do contrato ou do ato de recebimento do produto ou serviço.
  • Turismo - 02 de fevereiro de 2013, às 19h30min
    Viagem à Disney Word, num período de 11 dias como presente de aniversário de mãe divorciada, para sua filha, não trará prejuízos no seu rendimento escolar ou psicológico. Com esse entendimento, a Desembargadora Liselena Schifino Robles Ribeiro, da 7º Câmara Cível do TJRS, manteve decisão que autorizou viagem de menina com a mãe ao exterior.
  • Turismo - 01 de fevereiro de 2013, às 17h43min
    Por decisão da 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, a Operadora e Agência de Viagens CVC Tur Ltda. e a Giallo Viagens e Turismos Ltda. deverão reparar os danos causados a R.S.C., um engenheiro civil residente em Belo Horizonte, indenizando-o em R$ 10 mil. Ele perdeu três dias de um cruzeiro devido a condições climáticas que impediram o seu embarque em Punta del Este, no Uruguai.
  • Turismo - 31 de janeiro de 2013, às 16h40min
    O juiz titular da 13ª Vara Cível de Campo Grande, Alexandre Corrêa Leite, julgou procedente os pedidos ajuizados por E.C.F. e R.A. de F. contra World Card Hotéis e Turismo, condenando a empresa à restituição do valor de R$ 400,00 aos autores e ao pagamento de indenização por danos morais na quantia de R$ 12.440,00.
  • Turismo - 25 de janeiro de 2013, às 09h22min
    A 4ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) confirmou sentença proferida pela 15ª Vara Cível de Brasília, condenando duas operadoras de turismo e um hotel ao pagamento de R$ 1.085,00, por danos materiais, e R$ 18 mil, por danos morais. A condenação foi porque a família contratou hospedagem em um hotel 5 estrelas, mas foram transferidos para um hotel de categoria inferior.

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!